Marco Aurélio: do Rap ao Surf!

Marco Aurélio, surfista de 26 anos, nascido na Praia do Félix e criado em Itamambuca agitou o último domingo na Praia Grande de Ubatuba, durante a grande final de um dos maiores campeonatos do país. Marco mostrou que o que ele gosta mesmo é de dar show – seja no palco seja no mar.

Quando perguntado sobre a estratégia usada em sua vitória impecável, ele confessa que foi a calma. “Usei a estratégia de manter calmo e surfar sem pressão”. A prancha estava no pé, nitidamente quem esteve na areia e viu a final não teve dúvidas disto, e ele confirma. “Tenho essa prancha há dois anos já, ela está no pé, confio muito nela”.Incentivado desde pequeno por seus irmãos Cleiton e Maicol Santos, ambos ex-atletas profissionais, o caçula da família abandonou há um tempo a vida regrada do universo das competições para se dedicar a um sonho ainda maior, o de se tornar um rapper.

Durante o Ubatuba Pro Surf

Desde a criação de “GreenCoast”, em 2012, já é possível notar sua evolução como músico. Tudo começou como uma brincadeira, enquanto Marco mantinha pequenas plateias, muitas vezes formadas apenas por amigos, que o ouvia rimar e improvisar versos inspirados no surf, e claro, numa infância simples, de muita luta e vontade de vencer.

É incontestável a ideia de que Marco certamente vai alcançar o que tanto almeja cedo ou tarde. Sonhos são assim, como ele mesmo gosta de dizer. “Desde muleque tive muito incentivo dos meus irmãos que não deixavam eu baixar a cabeça. Esse sangue no olho de vencer ou vencer cultivamos desde criança”.

Se a vitória na Praia Grande veio para reafirmar que o surfista competidor está mais vivo do que nunca, a carreira de músico vai de vento em popa. Depois de lançar o videoclipe “O Respeito”, Marco e sua dupla o rapper Gustavo Leão – estudante de Direito e morador de Ubatuba –, adiantam o próximo lançamento: “Poucas Ideias”, deve ser lançada em breve e promete. “Ta demais, na minha opinião essa é a melhor letra que criamos até agora, estou animado pra lançarmos esse som”.

Marco incentivando a mulecada através do rap. Arquivo Pessoal.

Por trás de todas as rimas ácidas, cerca agressividade e críticas a uma sociedade que negligência a crescente desigualdade social do País, está um menino doce e comprometido com as crianças carentes da comunidade.

Marco atua ensinando a garotada a rimar e se interessar pela música.

“Adoro passar para as crianças um pouco da minha vida, da minha batalha e de como é possível eles alcançarem os sonhos deles. Acredito muito no poder da música, e especialmente do rap, que fala da realidade, nua e crua”, finaliza Marco.

Ficha Técnica de “O Respeito”

Letra: Aurélio e Leão
Diretor: Bruno Querido
Produtor Beat: Amandesnobeat
Estúdio Naipe Preto
Produtor Musical: Jean Blackin

O lançamento no novo videoclipe deve ser anunciado em breve. Pra não perder nada, clique aqui e conheça o canal do Youtube da dupla!

Autor: origemsurf

Compartilhe esse Post

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *