Deus abençoe a arte e o surfe de Jeferson Guedes

A arte imita a vida. Segundo mister Google, quem falou isso pela primeira vez foi o filósofo Aristóteles, lá atrás, em meados dos anos 300, bem antes de Cristo

Por Janaína Pedroso

A célebre frase usada até hoje seria uma espécie de adaptação de uma outra sentença proferida pelo mestre grego: “A arte imita a natureza”.

O artista e surfista Jeferson Guedes, 33 anos, talvez tenha passado longe dos ensinos de Aristóteles, tenham sido eles filosóficos ou físicos, mesmo assim soube captar a essência do que seria nossa existência, nosso modo de agir, pensar, se expressar e finalmente consumir arte.

Guedes em ação. Divulgação.

Autodidata, Guedes cresceu em casa humilde onde lhe fora negado o direito de surfar e quem sabe virar um profissional, afinal, talento o então garoto tinha de sobra. “Não faltou incentivo no meu caso, foi um pouco diferente, eu era praticamente proibido de surfar”, conta.

Já que o sonho de se tornar atleta não coube a ele na época, a saída foi desenhar. Sem entender sobre técnicas, estilos e história da arte, seus desenhos surgiam em pranchas de surfe dos amigos como uma espécie de grito entalado.

Sem o surfe lhe restou a caneta e foi com ela que começou, atualmente são centenas de canetas, que compõem seu arsenal de criação. A simplicidade dos traços e as cores vibrantes aproximam até mesmo o ser humano mais desavisado, é impossível não notar suas pinturas, sejam elas em pranchas ou muros.

Cores e muita inspiração vindas do mar. Divulgação.

Hoje são muros, painéis, quadros e até copos que levam a marca de sua assinatura, a “God Bless Art”, que começou colorindo pranchas de surfe.

Daria para discorrer sobre suas obras, incluir depoimentos do artista, contar seus sonhos, medos e anseios, mas o figurino pede que paremos por aqui. Nos dias de hoje pouca gente se interessa pela leitura e para a saúde do blog devemos ser breve…

Para concluir então, e já que começamos com o filósofo, por que não terminarmos com ele?

Aristóteles relatou sobre Deus em sua escrita: “Trata-se de algo que existe necessariamente. E enquanto existe necessariamente é perfeito, e deste modo é princípio”. Que assim seja e que God bless the art (que Deus abençoe a arte) e Jeferson Guedes.

Autor: origemsurf

Compartilhe esse Post

2 Comentários

  1. Muito obrigado pelo espaço e pelo carinho! Tamo juntoooooo

    Poste um comentário
    • God bless Jeferson Guedes!! Que vc continue abrilhantando mundo a fora com sua arte e cores!

      Poste um comentário

Trackbacks/Pingbacks

  1. Deus abençoe a arte e o surfe de Jeferson Guedes – Destaques do Dia│Últimas Notícias & Manchetes - […] Créditos de imagem: Divulgação. […]
  2. Deus abençoe a arte e o surfe de Jeferson Guedes – IEB Org - […] Surf</a>.</p> … Leia post completo no blog Leia mais (09/12/2018 – […]
  3. Deus abençoe a arte e o surfe de Jeferson Guedes - Portal Nova Contagem - […] <p>Créditos de imagem: Divulgação. A arte imita a vida. Segundo mister Google, quem falou isso pela primeira vez foi…

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *