Longboarder Chloé Calmon já garante medalha

Ao menos bronze. A medalha garantida conquistada nos Jogos Pan-Americanos, disputados em Lima, Peru, nas modalidades esportes com prancha, deve vir de Chloé Calmon, longboarder.

Enquanto o surfe perdeu prematuramente suas chances, Sup e Long seguem firme.

Com a excelente performance de Chloé, o país já pode contar com ao menos uma medalha, já que o bronze está garantido. Porém, a atleta diz estar focada para conquista do ouro.

“Já garanti o bronze, mas estou mais confiante e motivada a seguir em busca do ouro para o Brasil. Um passo de cada vez, mas cada bateria que entro me sinto mais à vontade e mais e mais focada”.

Chloé Calmon.
Balé das águas <3

Os números de Chloé

  • Entre as dez melhores notas do evento na categoria longboard feminina, seis pertencem a ela;
  • As duas maiores notas do evento até agora também vem do desempenho da brasileira;
  • Chloé é dona das três melhores somatórias da categoria até agora.
Torcida especial para a atleta que conta com a presença dos pais no Pan. Crédito CBSurf Assessoria / Divulgação.

Sup masculino

Luiz Diniz, de Guarujá, conhecido como “Bolinha” representa o Brasil na categoria Sup wave. Apesar de o atleta ter sofrido um começo conturbado, já que, de acordo com a assessoria, teve problemas com o equipamento, se recupera, fazendo excelente prova ontem (01).

Diniz obteve ótima pontuação: 8,17 e 9,17; somando 17,34 pontos de 20 possíveis.

Diniz mostra grande desempenho ontem. Foto Crédito: Jonne Roriz/COB e Latinwave/ISA

Corrida de Stand-up

Nesta sexta (2) deve ocorre a prova única, valendo medalha portanto, da categoria Sup Race. O Brasil conta com Lena Ribeiro (Arraial do Cabo) e Vinnicius Martins (Búzios).

A prova feminina está marcada para 11h (horário de Brasília), e a masculina, ao meio-dia (Brasília).

por Janaína

Autor: origemsurf

Compartilhe esse Post

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *