Tríplice Coroa; três brasileiros garantidos nas oitavas de final em Haleiwa

Criada em 1983 pelo surfista Fred Hemmings, a tradicional Tríplice Coroa Havaiana é composta pelas etapas de Haleiwa, Sunset e Pipeline

por Janaína

Os brasileiros Ian Gouveia, Deivid Silva e Tomas Hermes já garantiram vaga para as oitavas de final do Hawaiian Pro em Haleiwa. Porém, mais sete brasileiros ainda têm chances de classificação nesta primeira etapa da tríade.

Yago Dora, Luel Felipe, Caio Ibelli, Jadson Andre, Alejo Muniz, Michael Rodrigues e Jesse Mendes competem no próximo round (3), que deve ocorrer nesta quarta (20).

Enquanto isso, que tal algumas curiosidades da ‘Vans Triple Crown’

  1. O primeiro brasileiro a ganhar a Tríplice Coroa Havaiana foi Gabriel Medina, em 2015;
  2. O paulista Jesse Mendes foi o segundo, o surfista venceu ano passado depois do 5º lugar em Haleiwa, vice em Sunset e 9º em Pipeline;
  3. Sunny Garcia é o grande vencedor da tríplice. São seis títulos, tendo sido o primeiro surfista a vencer três vezes consecutivas (1992, 1993, 1994);
  4. Geralmente, o vencedor da Triple Crown of Surfing é o atleta mais bem colocado entre as três etapas;
  5.  Michael Ho foi quem venceu o primeiro evento em 1983;
  6. John John Florence, aos 13 anos de idade, participou da Tríplice Coroa pela primeira vez. Fato que o levou para a história como o surfista mais jovem a participar do evento. Seis anos mais tarde ele se tornaria o campeão mais jovem da história da Triple Crown.
  7. Em 36 anos de evento somente cinco australianos venceram: Gary Elkerton (1987 e 1989), Tom Carroll (1991), Michael Rommelse (1997), Joel Parkinson (2008, 2009, 2010) e Julian Wilson (2014);
  8. Os havaianos são os grandes detentores de títulos, tendo conquistado 22 vezes o lugar mais alto do pódio da Tríplice Coroa Havaiana. 
Tomas Hermes do Brasil. Foto de Keoki Saguibo/WSL via Getty Images

Fonte: vanstriplecrownofsurfing.com

O QS 10000 Hawaiian Pro é transmitido ao vivo de Haleiwa Beach no Havaí pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo da World Surf League.

Autor: origemsurf

Compartilhe esse Post

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *