O Gigante Voltou!

Foto Aleko Stergiou / Fisheye Galeria

Depois de amargar uma derrota na Praia Grande, durante a primeira etapa do circuito Ubatuba Pro Surf, Weslley Dantas retorna perfeito em Itamambuca

Weslley, irmão caçula de Guigui (apelido carinhoso de Wiggolly Dantas, surfista da elite do ranking mundial) é puro talento. Isso é incontestável, indiscutível e inegável. Há quem diga que se hoje houvesse uma bateria entre os irmãos, o mais novo superaria a experiência do mais velho. Eu não me arrisco a apontar um vencedor, os dois são brilhantes em suas particularidades. Aliás, que DNA é esse? Suelen Naraísa irmã dos meninos, é bicampeã brasileira!

O que não faltou na final do campeonato foi emoção. Weslley apresentou um surf de altíssima performance e quem estava na areia assistiu um dos melhores surfistas do mundo, fato. Na briga, o experiente competidor Odirlei Coutinho não deixou barato e arriscou tudo em busca da vitória. Há quem diga que a prancha do Odirlei parecia não estar “encaixada” nos seus pés. Weslley estava iluminado, e quando ele está assim, fica impossível derrotá-lo. Ele foi nota 10, e se pudesse seria 100.

Sua personalidade irreverente e sua auto confiança a lá Mohamed Ali, fazem dele um ser pra lá de especial. Hoje, o menino está crescendo e se tornando um homem. Essa trajetória exige trabalho árduo e ele sabe disso, Weslley faz terapia e treino funcional para manter a cabeça no lugar e o corpo em forma. E o plano está dando certo. Deixou no passado os apelidos de “gordinho”, Weslley agora é puro músculo. E se ele já decolava com alguns quilos a mais, imagina agora que o atleta está em forma?

O sobrenome tem um peso e ele sabe bem disso. “Agora, com meu irmão no mundial, o sobrenome Dantas tem um peso maior sim, é uma pressão grande, mas procuro me manter o mais focado possível e jamais demonstrar qualquer nervosismo pros meus adversários”, revela Weslley. “A terapia me ajudou muito a manter a frieza, hoje tenho capacidade de me manter focado e virar uma bateria no último minuto se for preciso”.

Seu objetivo é um só: WSL.

Confira as imagens feitas com drone do campeão.

Fonte: AUS / FPSurf