Festa em Casa: Austrália Reina no Mundial JUNIOR

Austrália no topo com Ethan Ewing. Foto WSL

Os australianos Ethan Ewing and Macy Callaghan são os grandes vitoriosos do World Junior Championship em Kiama, no estado de Nova Gales do Sul. Evento reuniu os melhores surfistas do mundo com menos de 18 anos.

 

As condições do mar durante as finais não eram as melhores, mas nem por isso os atletas presentes não conseguiram apresentar excelentes performances durante todo o evento. Entre os brasileiros, Mateus Herdy chegou mais longe e abandonou a competição nas quartas de final. Weslley Dantas foi barrado pelo americano Collapinto, (esse é o sobrenome dele!!). Tainá Hinckel e Kim Matheus também brilharam na primeira fase da competição.

Mateus Herdy decola e termina como o brasileiro melhor colocado. Foto WSL
Mateus Herdy decola e termina como o brasileiro melhor colocado. Foto WSL

Nos mesmos moldes do CT, a experiência de participar do World Junior Championship coloca os atletas que competiram no evento em outro patamar. Como um primeiro passo importante rumo ao sonho de integrar a elite do surf mundial. “É um sentimento incrível. Chegar ao evento como favorito me deu muita confiança.” conta Ethan, que há alguns meses ganhou um lugar no Campeonato Mundial, a “Copa” do Surf. 

Brincadeiras a parte, Griffin Collapinto não conseguiu surfar como fez durante as baterias que o levaram até a final. O placar de 11.43 contra 1.97 mostra que o australiano não enfrentou grandes dificuldades para vencer seu adversário. 

Ethan Ewing invertendo tudo em Bombo Beach. Foto WSL
Ethan Ewing invertendo tudo em Bombo Beach. Foto WSL

Entre as garotas, a final foi entre Macy CallaghanMahina Maeda do Havaí. A australiana não se intimidou com a experiência da rival (três finais consecutivas no WJC) e chegou a colocar Maeda em combinação (precisando de duas notas) para vencer a pontuação de Macy, 15.67, maior resultado do evento inteiro.

Macy Callaghan em sua primeira participação no WJC. Foto WSL
Macy Callaghan em sua primeira participação no WJC. Foto WSL

O resultado mostra a força da nova geração australiana que viu recentemente Taj se aposentar, Fanning dar um tempo e Parko deixar de competir algumas etapas importantes do circuito no último ano. Os australianos ainda serão representados por Ace Buchan, Julian Wilson, Matt Wilkinson e Josh Kerr além de Bede e Owen Right beneficiados com as duas vagas para atletas lesionados. 

Para ver as fotos clique aqui!

Fonte: WSL