Sobre cabelos e uma viagem ao templo das recordações!

Tenho um apreço especial por esta marca. Cresci usando Neutrox, o bom e velho creme rinse amarelo. Lembro de uma versão cor-de-rosa de tampa azul, mas este nunca cheguei a usar.

Aos 11 anos, me mudei com a família para a capital. Saí de Garça, uma pequena (pra não dizer minúscula) cidade no interior do estado de São Paulo.

Foi uma grande mudança. Além de ter vizinhos morando na minha cabeça (achava estranhíssimo viver num apartamento), comer Mc Donald’s e ter que usar uniforme na escola, parei de usar Neutrox.

Com a nova cidade vieram novos amigos, novos hábitos, novas marcas. E assim, sem muita razão, larguei o velho amigo creme amarelo.

Neutrox das antigas, o creme de todo dia.

Na próxima compra colocarei um Neutrox no carrinho. Espero encontrar o mesmo creme de antigamente. Não será nenhum sacrifício em nome do surfe feminino. Pelo contrário, vai ser prazeroso ter de volta o brilho de Neutrox nas madeixas.

Caramba, que viagem no tempo…Voltando à Ubatuba; 2017 e ao Neutrox Weekend, ficamos com toda a concentração e equilíbrio de Chloe…

Chloe Calmon concentrada no nose. Foto: Pedro Monteiro/WSL.