Prancha de Surfe: Mandar fazer ou comprar pronta?

Flagship Store Star Point. Divulgação

Na hora de renovar comprar uma prancha de surfe sempre bate aquela dúvida: comprar pronta ou mandar fazer?

Para alguns, a dúvida não existe. Mas, há aqueles surfistas que são fiéis ao shaper e preferem sempre mandar fazer a prancha de surfe sob medida. Tamanho, rabeta, meio, espessura e pintura. São tantas possibilidades!

Tem também quem prefira ir até a surfshop preferida. Trocar uma ideia com o vendedor (que também seja um surfista, de preferência).

Pegar a prancha, colocar de baixo do braço e depois de muito namoro – já que são tantas as surfboards disponíveis para pronta entrega hoje no mercado – bater o martelo e levar a escolhida pra casa.

E então, existe a fórmula certa?

No melhor estilo jornalístico fomos atrás de diferentes fontes e perfil de surfista para entendermos melhor se há realmente uma “melhor opção”, neste caso.

E assim, responder à pergunta que não quer calar: mandar fazer ou comprar pronta?

Sylvio Zampol, shaper – “Quando um cliente está querendo adquirir uma prancha as duas maneiras, mandar fazer sob encomenda ou comprar pronta, atendem.”

Zampol em sua sala de Shape. Foto: Jair Bortoleto

 

Josil Mandacaru, free surfer – “As melhores pranchas eu tive na minha vida não foram feitas para mim, foram pranchas que eu comprei ou algum amigo usou, não gostou e eu peguei a prancha e era mágica.”

Josil em algum pico de Ubatuba. Foto Rodrigo Nucci/Facebook.

 

Everton Silva, técnico de surf  – “Isso é um pouco relativo, se você já conhece as medidas que você está acostumado a usar tem a chance de chegar em uma loja colocar a prancha embaixo do braço e ser a prancha boa. As vezes até melhor que aquela prancha que mandou fazer, mas isso é raro, na minha opinião.

Everton Silva no blue saloon. Reprodução Facebook.

E aí, qual vai ser? Mandar fazer ou comprar pronta?